terça-feira, 21 de outubro de 2014

Imigração Italiana



Imigrantes "no ápice da imigração Italiana no Brasil" posando para fotografia no pátio central da Hospedaria dos Imigrantes, ca. 1890. – "a sensação do corpo expandindo de dentro para fora, como que EU sentindo em MIM toda uma força gigantesca e louca ... de uma estória enraizada de uma família – a minha família – com a sensibilidade desde o comportamento e a personalidade de uma ancestralidade que destacam o afloramento dos sentimentos mais “rústicos” até os sentimentos mais “refinados” de homens e mulheres – os vejo numa idade madura – e vejo ainda, toda a “força rude masculina imbuída num extremo caráter para com a forma de estar para a vida”, enquanto que a “forma da força feminina é completamente entregue em compreensão à forma da força masculina... não numa forma de submissão, mas numa forma de completa cumplicidade ... aflorada numa forma de fidelidade e companheirismo, que vai desde o sexo na cama dentro do casamento e a criação e educação dos filhos, até ao respeito aos mais velhos”, enquanto que senti ainda as pernas pesadas com uma força que as puxava para baixo com a sensação de pés enraizados ao chão ..."