sábado, 20 de dezembro de 2008

.P,

"Eu preciso gritar porque você está surdo e não me ouve"! O Universo é mágicko em nos mostrar Espelhos... colocando-nos à frente de pessoas iguais a nós: Única possibilidade de podermos assim ver a nos mesmos... refletindo-os em nós!
Me apronta as coisas que mais odeio em você: Silêncio significa permissão! E se te faço o que mais odeia em mim? Minha provocação te seduz, cala! Não interprete que toda a coragem que desponta em meu ser é desafio. De repente seja em mim a forma mais sutil de lidar com o medo do inevitável.
Lembra-se do último encontro? Me desconsertou: tua arrogância, as palavras como que flechas lançadas ao meu peito, desprotegido! E na rua... Anjos gritam repetidas vezes: Eu odeio você! Coincidência?! Mas a tua sexualidade amoral e tão sublime, me aquece, confortando-me.
Que fórmula continha o horror daquela noite: Para entregar-me aos braços de um Anjo que escondia o seu rosto? Nem mesmo Amor justificaria, permitindo a alguém, entrega absoluta, sem volta!
Amor... arrebata, confundindo-nos, despertando-nos com Paixão! A tranqüilidade submersa na Verdade destes Anjos que adentram Universos: Paradoxos! Reside na transcendência da libido deste Amor!
Te amo pela magnitude da tua beleza, da leveza contida na agressividade e sarcasmo das atitudes que vêm do profundo da tua alma... E não pelas máscaras que aparenta significar para os olhos perdidos deste mundo, ávidos por não compreenderem propriamente o bálsamo que aflora da tua carne: Despertando, entorpecendo!

Um comentário:

After midnight disse...

seu blog é otimo!Visite:http://afterthemidnight.blogspot.com/.Historia de romance sobrenatural.Estamos postando aos poucos os capitulos...